VitalScan ANS+



A variabilidade da frequência cardíaca (VFC) é uma função fisiológica pelo meio da qual o tempo do intervalo entre batimentos varia. Estas variações de frequência cardíaca reflectem a qualidade da função cardiovascular autónoma. A função autónoma ou função do sistema nervoso autónomo regula acções involuntárias (exemplo: respiração, digestão) dos intestinos, coração, músculo liso e glândulas. Esta função divide-se por dois sistemas anatomicamente distintos: o sistema nervoso simpático (SNS) e o sistema nervoso parassimpático (SNP).

O sistema VitalScan ANS+ fornece testes da VFC o que permite que os médicos monitorizem a actividade de ambos os ramos do sistema nervoso autónomo (SNA) - simpático e parassimpático - de modo a avaliar com precisão o estado da função autónoma de um paciente.

O VitalScan ANS+ oferece uma abordagem bifurcada para avaliar o paciente. Primeiramente, o VitalScan ANS+ tem a capacidade de detectar tipos específicos de disfunções autónomas que podem ser associadas a diversos diagnósticos clínicos. Em segundo lugar, o VitalScan ANS+ pode ser utilizado para avaliações minuciosas e monitorizações fisiológicas que fornecem aos médicos uma avaliação meticulosa do paciente que muitas vezes pode passar despercebida numa avaliação standard.

A grande variedade de aplicações clínicas do VitalScan ANS+ faz dele um equipamento diferente de todas as outras classes de aparelhos de diagnóstico. O VitalScan ANS+ permite aos médicos uma investigação minuciosa das seguintes modalidades:

- Avaliação do equilíbrio autónomo em repouso
- Avaliação da reacção do SNA em intervenção ortostática
- Avaliação da reacção autónoma durante a manobra de Valsalva com respiração profunda
- Correcção do equilíbrio autónomo da respiração simpática e parassimpática

A importância do método do VitalScan ANS+ no desenvolvimento da avaliação da VFC

No passado a função autónoma apenas podia ser avaliada por três parâmetros: Equilíbrio autónomo (homeostasia vegetativa), Prevalência simpática, Prevalência parassimpática. Os critérios usados para avaliar estes parâmetros eram achados clínicos e laboratoriais e portanto avaliar a função autónoma era um trabalho árduo e nem sempre praticável.

A introdução de análise da VFC revolucionou a avaliação do SNA e abriu portas à sua aplicação teórica. No entanto, usar esta importante descoberta científica implicava derivar uma relação quantitativa da função espectral entre o SNS e o SNP.



A análise da VFC baseia-se na medição da variabilidade da frequência cardíaca; especificamente variabilidade nos intervalos entre as ondas R - "intervalos RR". Estes intervalos RR são posteriormente analisados de forma espectral (como no VitalScan ANS+) ou por outra forma de análise matemática. Uma análise matemática deste tipo geral múltiplos parâmetros; domínio do tempo e domínio da frequência. O problema de quantificação SNP-SNS reside em reduzir todas as variações possíveis destes parâmetrosparâmetros a uma relação quantitativa entre o SNS e o SNP. Por muitos anos esta questão tem sido o obstáculo central na análise da VFC.

O VitalScan ANS+ é o primeiro e único sistema a resolver este problema de quantificação SNS-SNP. Este avanço tecnológico é alcançado através do uso de algoritmos patenteados e de uma abordagem pioneira. Os algoritmos usados pelo VitalScan ANS+ foram desenvolvidos e testados exaustivamente durante 30 anos. De modo a garantir sucesso, estudos de eficácia e precisão envolveram mais de 50 000 pacientes.

O resultado desta investigação profunda consiste em avaliações objectivas e de confiança do estado do SNA em repouso em testes ortostáticos (sentado - de pé) e durante a manobra de Valsalva combinada com uma respiração profunda. As análises de VitalScan ANS+ são vastas e sofisticadas. Consequentemente o VitalScan ANS+ e o único método que permite um reconhecimento e classificação precisa de ate 100 estados do SNA enquanto fornece uma descrição correspondente a cada um.

Até ao desenvolvimento do método VitalScan ANS+ não havia meio prático de avaliar o SNA independentemente e fora de um laboratório de investigação. O VitalScan ANS+ trouxe análises laboratoriais até ao gabinete médico e tornou-se no primeiro e único sistema que fornece a interpretação quantitativa de função espectral da VFC assim como a análise qualitativa dos parâmetros resultantes.

O objectivo e feito da equipa de investigação do VitalScan ANS+ consiste em fornecer aos médicos de todo o mundo um aparelho de consultório fiável com diversas aplicações clínicas incluindo a avaliação do risco em doenças cardiovasculares, avaliação objectiva do benefício de intervenção cardíaca ou ortopédica, e quantificação do efeito de drogas na função autónoma.

Autonomic Nervous System Testing - ANS

Aplicações


Maiores variações na frequência cardíaca levam a uma maior VFC, o que indica um estado saudável e uma função autónoma equilibrada (SNS e SNP), por outro lado, uma frequência cardíaca estável implica uma menor VFC, o que indica um desequilíbrio na função autónoma assim como a presença de um funcionamento fisiológico defeituoso.

O VitalScan ANS+ entrega análises laboratoriais no gabinete médico, permitindo que os profissionais avaliem convenientemente e com segurança a saúde dos pacientes.

Avaliações incluídas:

- Verificar a eficácia do tratamento ou intervenção
- Monitorizar a saúde global do paciente
- Examinar a população geral
- Identificar problemas de saúde tais como palpitações, gestão da dor, apneia do sono, ansiedade, distúrbios psicológicos, stress, asma e condições neurológicas
- Testar neuropatia autónoma cardíaca (CAN) e neuropatia autónoma de diabetes (DAN)
- Medir a predominância de SNS em casos como síndroma metabólico, hipertensão ou insuficiência cardíaca congestiva (ICC)
- No caso de ausência de problemas evidentes, examinar para possível detecção de algo

Provas Científicas


Um redução da VFC leva a implicações de prognósticos adversos em condições cardiovasculares, neurológicas e outras do tipo metabólico tais como diabetes e obesidade.

Uma análise da VFC de curta duração pode identificar doentes em elevado risco de morte prematura dentro da estratificação do risco cardíaco.

Procedimentos de teste da VFC fornecem monitorização e detecção de sinais precoces de reacções medicamentosas adversas.

Em estudos com a população geral a deterioração dos padrões da VFC podem ser um indicador útil de estados de saúde comprometidos relacionados com eventos adversos.

Intervenções físicas e farmacêuticas para aumentar a VFC levam a um melhor prognóstico individual.

Aplicações Clínicas Significativas


As avaliações do VitalScan ANS+ permitem uma monitorização suplementar e detecção optimizada de problemas cardiovasculares, neurológicos e metabólicos associados a múltiplos eventos de saúde adversos. A gama de produtos VitalScan ANS+ fornece aos médicos e profissionais de saúde soluções convenientes e custo-eficientes para executar testes clínicos e melhorar a avaliação dos pacientes. Tem as seguintes aplicações:

- resposta a beta bloqueantes
- CAN
- DAN
- cardiomiopatias
- arritmias cardíacas
- ICC
- hipertensão
- síncope
- apneia do sono
- DPOC
- doenças vasculares periféricas
- problemas de circulação
- gestão da dor
- problemas neurológicos
- síndroma da dor local crónica
- ansiedade/stress
- Parkinson
- distúrbios psicológicos



Características


  • Análise Do Balanço Autónomo - SNA
    Análise Do Balanço Autónomo - SNA A variabilidade da frequência cardíaca (VFC) é uma função fisiológica pelo meio da qual o tempo do intervalo entre batimentos varia. Estas variações de frequência cardíaca reflectem a qualidade da função cardiovascular autónoma. A função autónoma ou função do sistema nervoso autónomo regula acções involuntárias (exemplo: respiração, digestão) dos intestinos, coração, músculo liso e glândulas. Esta função divide-se por dois sistemas anatomicamente distintos: o sistema nervoso simpático (SNS) e o sistema nervoso parassimpático (SNP). O sistema VitalScan ANS+ fornece testes da VFC o que permite que os médicos monitorizem a actividade de ambos os ramos do sistema nervoso autónomo (SNA) - simpático e parassimpático - de modo a avaliar com precisão o estado da função autónoma de um paciente. O VitalScan ANS+ oferece uma abordagem bifurcada para avaliar o paciente. Primeiramente, o VitalScan ANS+ tem a capacidade de detectar tipos específicos de disfunções autónomas que podem ser associadas a diversos diagnósticos clínicos. Em segundo lugar, o VitalScan ANS+ pode ser utilizado para avaliações minuciosas e monitorizações fisiológicas que fornecem aos médicos uma avaliação meticulosa do paciente que muitas vezes pode passar despercebida numa avaliação standard. A grande variedade de aplicações clínicas do VitalScan ANS+ faz dele um equipamento diferente de todas as outras classes de aparelhos de diagnóstico. O VitalScan ANS+ permite aos médicos uma investigação minuciosa das seguintes modalidades: - Avaliação do equilíbrio autónomo em repouso - Avaliação da reacção do SNA em intervenção ortostática - Avaliação da reacção autónoma durante a manobra de Valsalva com respiração profunda - Correcção do equilíbrio autónomo da respiração simpática e parassimpática
    Ler Mais
  • Avaliação De Stress
    O significado do stress varia entre pessoas. O stress é reconhecido pelas pessoas como um estado em que se espera demasiado delas, em que estão sob pressão, em que mal são capazes de lidar com exigências exteriores excessivas e prolongadas. Todos os sintomas são apresentados com uma ideia de que exigências irracionais estão a ser aplicadas ao indivíduo num sentido emocional, mental ou psicológico. Nas ciências médicas um conceito semelhante está na base do termo stress; uma força exercida num sujeito, que se não lhe resistir irá ser prejudicado ou destruído.
    Agentes causadores de stress podem ser físicos, mentais ou ambos. O stress físico é causado por uma exposição prolongada a factores negativos tais como um estilo de vida irregular, sobrecarga física, toxicidade ambiental, consumo de tabaco/álcool/drogas, dietas impróprias, etc.

    O stress mental pode ser causado por factores tais como insegurança, emoções negativas, sobrecarga mental, confusão, rejeição a nível social, problemas familiares, aborrecimento, baixa autoestima, etc.

    Ambos, stress mental e físico, provocam respostas fisiológicas que são mediadas através do SNA. Este SNA é não só a nossa maior defesa contra o stress mas também o sistema que apresenta a principal manifestação sintomática do stress em estadios iniciais. O SNA está convencionalmente dividido em duas partes num equilíbrio yin/yang: o simpático, que activa os órgãos, fazendo com que estejam preparados para lidar com o exercício ou outro stress físico; e o parassimpático, que controla as funções corporais de "governo da casa".
    O equilíbrio entre estes dois sistema é um indicador da reacção do corpo a exigências exteriores e interiores.

    Um avanço dramático no estudo de resposta ao stress foi que a análise matemática de ritmos biológicos nos permita trabalhar com estes sistemas autónomos. O objectivo do Q HRV é fornecer às pessoas melhores estratégias para lidar com o stress, informando-as de como ganhar controlo sobre o seu SNA e sobre a resposta do seu corpo ao stress enquanto constituem barreiras ao stress alterando estilos de vida.

    Ler Mais
  • Teste De Aptidão Física
    Fitness Test É reconhecido que o teste ortostático é um dos métodos mais eficientes para medir alterações subtis na função cardiovascular, especialmente os mecanismos de regulação do sistema. Na execução do teste ortostático, o paciente começa por se sentar durante vários minutos a descontrair e depois levanta-se. Quando a posição corporal varia de supina ou sentada para de pé ocorrem alterações específicas na frequência cardíaca e pressão sanguínea como reacção de compensação do corpo. O teste serve para avaliar a capacidade dos sistemas simpático e parassimpático de responder adequadamente a desafios de regulação causados por variação gravitacional na massa sanguínea do corpo. O resultado do teste (i.e. A frequência cardíaca ortostática) consiste na diferença entre a frequência cardíaca em posição supina e a frequência cardíaca de pé.

    Num indivíduo saudável, levantar-se, assim como estar de pé durante vários minutos não causa exaustão. No entanto, se houver uma deficiência cardiovascular ou se a capacidade funcional do mecanismo de regulação do corpo for inadequada então esta manobra torna-se num agente causador de stress para o corpo.

    O teste ortostático VitalScan ANS+ é uma avaliação quantitativa e qualitativa dos níveis de aptidão física e saúde baseada na análise da VFC. Este teste é simples e eficiente e começa com a colocação de eléctrodos não invasivos de acordo com as instruções. Pede-se ao candidato que se mantenha de pé por 2 minutos e depois se sente durante 30 segundos. Este processo é repetido até perfazer 3 minutos. Os dados são recolhidos do tacograma e espectro cardíaco e analisados para produzir resultados em formato quantitativo e qualitativo.

    Ler Mais
  • Análise Do Electrocardiograma
    A electrocardiografia consiste numa interpretação da actividade eléctrica do coração recolhida do paciente ao longo do tempo da duração do procedimento. Aparelhos modernos de ECG usam técnicas sofisticadas como a amplificação, filtragem e análise de sinal para medir com precisão, mostrar e analisar dados de ECG. O electrocardiograma é o teste mais importante de interpretação do ritmo cardíaco, anomalias do sistema de condução e para detecção de isquémia.

    Eventos de arritmia cardíaca, que podem ser extrassístoles (i.e. Batimentos cardíacos prematuros), são sinais precoces de potenciais problemas cardíacos sérios. A relação entre extrassístoles ventriculares ou supraventriculares com o risco para a saúde é importante porque estas podem preceder um enfarte do miocárdio. São sinais precoces de alarme para possíveis problemas cardíacos como a isquémia (uma diminuição do fornecimento de oxigénio às miofibras cardíacas ou diferentes tipos de cardiomiopatia). Cardiomiopatia é uma patologia de problema do músculo cardíaco que pode resultar de diversas condições incluindo defeitos congénitos, infecções agudas ou crónicas, doença coronária arterial, drogas e toxinas, perturbações metabólicas, perturbações do tecido conjuntivo, ou deficiências nutricionais.

    Ler Mais
  • Análise Da Variabilidade Da Frequência Cardíaca (VFC)
    A VFC é uma medida de variações na frequência cardíaca. Normalmente é calculada através da análise de intervalos entre batimentos num ECG ou em traçados de pressão arterial.

    Foram propostas várias medições de VFC que podem ser agrupadas em domínio tempo, domínio frequência e medições não lineares. A VFC serve como indicador da actividade autónoma na regulação da circulação. É também considerada como o método de análise da actividade do sistema nervoso autónomo. Alterações (especialmente uma redução) da VFC têm sido associadas a diversas condições patológicas como hipertensão, choque hemorrágico e choque séptico. Destaca-se como previsor de mortalidade após um enfarte agudo do miocárdio (EAM).

    Domínio do tempo

    Um simples exemplo de uma medição do domínio do tempo consiste no cálculo da variação de intervalos entre batimentos cardíacos. Outra medição deste domínio inclui a média das raízes quadradas das diferenças entre batimentos cardíacos (rMSSD), NN50 ou o número de complexos normal-normal em 50 milissegundos e p NN50 ou a percentagem do número total de batimentos em 50 milissegundos. O SDNN está correlacionado com a variabilidade total enquanto que o rMSSD se relaciona com a actividade do sistema nervoso parassimpático na frequência cardíaca.

    Domínio da frequência

    Um método comum do domínio frequência é a aplicação do algoritmo de Fourier Transform, também conhecido como Fast Fourier Transform, as séries de tempo dos intervalos entre batimentos. Isto expressa a quantidade de variações para diferentes frequências. Diversas bandas de frequência foram definidas em humanos.

    Ler Mais
 

Aplicações Clínicas Significativas


As avaliações do VitalScan ANS+ permitem uma monitorização suplementar e detecção optimizada de problemas cardiovasculares, neurológicos e metabólicos associados a múltiplos eventos de saúde adversos. A gama de produtos VitalScan ANS+ fornece aos médicos e profissionais de saúde soluções convenientes e custo-eficientes para executar testes clínicos e melhorar a avaliação dos pacientes. Tem as seguintes aplicações:

- resposta a beta bloqueantes
- CAN
- DAN
- cardiomiopatias
- arritmias cardíacas
- ICC
- hipertensão
- síncope
- apneia do sono
- DPOC
- doenças vasculares periféricas
- problemas de circulação
- gestão da dor
- problemas neurológicos
- síndroma da dor local crónica
- ansiedade/stress
- Parkinson
- distúrbios psicológicos

Funções


* Análise do Balanço Autónomo (Balanço/Actividade Simpática e Parassimpática do sistema nervoso autónomo)
* Avaliação do Stress Cumulativo, Stress Físico, Stress Mental
* Teste de Fitness Cardiovascular, Nível de Fitness, Coeficientes cardíaco e Vascular
* Análise do ECG
* Treino do BioFeedback (Aliviar o Stress)
* Estado de Saúde (Combinação de todos os testes)
* Monitorização em tempo real da VFC

* Análise Neurovegetativa com medição personalizada
* Análise da Saúde Cardiovascular
* Análise da sensibilidade dos barorreceptores
* A plena conformidade com as Normas da análise profissional da VFC
* Observar gráficos de progressão de sessões ilimitadas
* Idade Funcional
* Registo da evolução do histórico do paciente
* Análise Estatística
* Base de dados Normativa com base em mais de 150 000 avaliações
* Compara a informação da HVR com as normas populacionais
* Avalia automaticamente a qualidade dos dados obtidos para garantir a precisão dos resultados
* Detecção automática dos artefactos e edição de dados visuais
* Interpretação fácil do estado de balanço autónomo
* Treinos para a redução do stresse e melhor equilíbrio interior
* Interface gráfica colorida, intuitiva e fácil de utilizar
* Apoiado por 30 anos de estudos médicos documentados
* Instalação fácil de software e detecção automática de hardware
* Exportação dos dados de HVR para o Microsoft Excel e em formatos de texto ASCII

Recomendado A:


* Investigadores clínicos
* Concelheiros de Gestão de Stress
* Especialistas de Terapia Alternativa
* Terapeutas de Biofeedback
* Professores de Fisiologia
* Terapeutas Físicos Ocupacionais Recreativos
* Especialistas de Reabilitação Cardiovascular
* Psicólogos profissionais

Cumplimiento De Normas


* O software VitalScan ANS+ foi desenvolvido de acordo com os padrões e procedimentos matemáticos para análise a curto-prazo da VFC como estabelecido por:
- The European Society of Cardiology
- The North American Society of Pacing and Electrophysiology

* VitalScan ANS+ obteve a aprovação FDA 510k.

* VitalScan ANS+ também está em linha com as seguintes normas:
EN ISO 13485:2003, EN 60601-1:2005/(R)2012, IEC 60601-1-2:2007, IEC 60601-2-27:2011, ISO 80601-2-61:2011, AAMI 80601-2-30:2009/A1:2013, ANSI-AAMI EC57-98, ANSI-AAMI EC13:2002, EMC, Directive 93/42/EEC, CE 0120

Requisítos Mínimos Do Computador


• CPU 2 GHz (ou equivalente)
• 4 GB de RAM
• Placa gráfica com, no mínimo, 1024x768 e resolução High-Color
• 4 GB de espaço livre em disco rígido
• Uma porta USB, 2 ou superior
• Windows 10