Análise Do Electrocardiograma


A electrocardiografia consiste numa interpretação da actividade eléctrica do coração recolhida do paciente ao longo do tempo da duração do procedimento. Aparelhos modernos de ECG usam técnicas sofisticadas como a amplificação, filtragem e análise de sinal para medir com precisão, mostrar e analisar dados de ECG. O electrocardiograma é o teste mais importante de interpretação do ritmo cardíaco, anomalias do sistema de condução e para detecção de isquémia.

Eventos de arritmia cardíaca, que podem ser extrassístoles (i.e. Batimentos cardíacos prematuros), são sinais precoces de potenciais problemas cardíacos sérios. A relação entre extrassístoles ventriculares ou supraventriculares com o risco para a saúde é importante porque estas podem preceder um enfarte do miocárdio. São sinais precoces de alarme para possíveis problemas cardíacos como a isquémia (uma diminuição do fornecimento de oxigénio às miofibras cardíacas ou diferentes tipos de cardiomiopatia). Cardiomiopatia é uma patologia de problema do músculo cardíaco que pode resultar de diversas condições incluindo defeitos congénitos, infecções agudas ou crónicas, doença coronária arterial, drogas e toxinas, perturbações metabólicas, perturbações do tecido conjuntivo, ou deficiências nutricionais.

O ECG também é muito valioso na avaliação de outras anomalias cardíacas incluindo doença valvular cardíaca, cardiomiopatia, pericardite e doença hipertensiva. Finalmente, o ECG pode ser usado para monitorizar tratamentos com drogas e para detectar distúrbios metabólicos.

O VitalScan fornece uma abordagem sistemática e não invasiva para recolha e interpretação de dados de modo a estabelecer o ritmo e presença de anomalias. O VitalScan é um método INC-AAMEC 57 certificado, de confiança e custo-eficiente de determinação de ritmo cardíaco para detectar distúrbios e problemas de saúde precocemente.